DOC

THE MOST CAPABLE LAND ROVER EVER BUILT THE DISCOVERY 4 LR4 FOR 2010

By Thelma Pierce,2014-12-13 12:04
5 views 0
THE MOST CAPABLE LAND ROVER EVER BUILT THE DISCOVERY 4 LR4 FOR 2010

O novo Discovery 4 o Land Rover mais capaz de sempre

    ; Discovery 4 a nova geração do famoso Land Rover introduz um novo motor e

    caixa de velocidades, dinâmica melhorada e um design refrescado ; Requintado e extremamente eficiente, o novo LR-TDV6 3.0 bi-turbo diesel

    disponibiliza um binário de 600Nm, líder no segmento, e 245 cv de potência

    o Redução de 9% no consumo de combustível, para 9,4 l/100km no ciclo

    combinado UE

     Cumpre as normas UE5 o

    ; A dinâmica em estrada foi transformada pelos desenvolvimentos abrangentes no

    sistema do chassis e pela nova caixa adaptativa de 6 velocidades

    excepcionalmente suave

    TM; As actualizações ao sistema galardoado Terrain Response da Land Rover

    reforçam as melhores prestações fora de estrada do segmento

    ; O novo design exterior inclui uma secção dianteira nova com linhas mais suaves e

    faróis revistos, incluindo LEDs

    ; O novo design interior proporciona um espaço de sete lugares mais luxuoso e

    funcional

    ; Nos novos equipamentos que proporcionam maior facilidade de utilização incluem-

    se um sistema de câmaras surround, Gradient Release, auxílio ao reboque, faróis

    máximos automáticos, Keyless Entry (Acesso sem Chave) e botão de arranque A nova geração, a quarta geração do versátil sete lugares da Land Rover, tem um novo nome Discovery 4 que complementa o potente, e extremamente eficiente, novo motor TDV6 diesel, a nova identidade exterior e um habitáculo mais premium. A abrangência de capacidades líder do segmento é maximizada com melhorias na dinâmica de condução em estrada e fora de estrada e a Land Rover incorporou uma gama completa de novas tecnologias e equipamentos de fácil utilização. “O Discovery 3 actual recebeu mais de 100 galardões internacionais. Mas encontrámos formas de conseguir melhorar virtualmente todos os aspectos do design e engenharia do veículo. O novo design assinala alterações abrangentes de engenharia no novo Discovery 4", afirmou Phil Popham, director geral da Land

    Rover.

    A estrela da gama Discovery 4 é o novo motor LR-TDV6 3.0 bi-turbo diesel, extremamente eficiente e requintado. Este proporciona uma redução de nove por cento* no consumo de combustível (ciclo combinado UE) e de nove por cento* nas emissões de CO2, conseguindo, ao mesmo tempo, um aumento de 29% de potência, em comparação com o motor actual de 2,7 litros. O binário sofreu um aumento ainda maior, de 36%, para 600Nm provavelmente o maior binário de sempre desenvolvido por um motor de 6 cilindro de produção, instalado num veículo de passageiros. A potência e o binário encontram-se disponíveis em todos os regimes de funcionamento, proporcionando uma resposta imediata às solicitações no acelerador e uma capacidade de circular a velocidade de cruzeiro sem esforço. O resultado é uma aceleração de 0-100 km/h em 9,6 segundos, que representa uma melhoria de 24 por cento em relação ao motor de 2,7 litros.

    Os engenheiros da Land Rover transformaram também o conforto e o comportamento em estrada do novo Discovery 4 e conseguiram, inclusivamente, melhorar as lendárias capacidades fora de estrada do seu antecessor. As alterações abrangentes incluem novos componentes de suspensão, direcção revista, travões de maiores dimensões, controlo de tracção melhorado e outras melhorias incorporadas no sistema galardoado

    TMTerrain Response, que contribuem para a optimização do veículo em virtualmente todas as situações de condução em estrada e fora de estrada.

    O design icónico exterior foi actualizado, com superfícies mais suaves e simples na secção dianteira, incluindo um novo pára-choques mais aerodinâmico. Os faróis mais desportivos contribuem para proporcionar ao veículo um novo carácter e incluem tecnologia de LEDs à frente e atrás. Os novos faróis dianteiros sofisticados incluem 'máximos automáticos', que ligam e desligam conforme as situações de condução. O interior foi completamente redesenhado, com um tablier e consola central transformados, novos bancos e uma gama de novos equipamentos de fácil utilização. "O novo interior beneficiou não apenas de um design mais premium, como também de melhorias de funcionalidade. A nova consola foi inclinada na direcção do condutor, os interruptores e controlos proporcionam accionamento mais fácil e a nova iluminação ambiente em LEDs contribui para tornar o habitáculo num

    espaço mais agradável e de utilização mais fácil à noite. Tornámos o ambiente interior num local mais luxuoso, com superfícies e materiais mais suaves e uma atenção incansável a detalhes de importância crítica como as costuras", afirma

    Gerry McGovern, Director de Design da Land Rover.

    Nos novos equipamentos disponibilizados no Discovery 4 incluem-se um interface de áudio portátil, rádio DAB, um novo sistema 'surround' com cinco câmaras, para estacionamento e reboque mais fácil, e um novo sistema de chave que proporciona entrada sem chave e arranque passivo.

    "As alterações e actualizações incorporadas no Discovery 4 transformam muitos aspectos da geração anterior, maximizando, ao mesmo tempo, a flexibilidade e versatilidade pela qual o Discovery é reconhecido. Pode transportar grandes volumes de carga no seu habitáculo espaçoso, escalar montanhas, atravessar continentes, rebocar atrelados de 3,5 toneladas ou transportar sete pessoas em conforto absoluto. Não creio que exista outro veículo tão versátil", afirma Phil

    Popham.

    As tecnologias e-Terrain minimizam os consumos e as emissões de CO 2

    O novo Discovery encontra-se pleno de equipamentos e tecnologia que têm como objectivo a redução do consumo de combustível e das emissões de CO2. O novo motor LR-TDV6 3.0 Sequential Turbo Diesel foi concebido de raiz para proporcionar consumos e binário a baixa rotação que lideram o segmento.

    O sistema de turbo-compressores paralelos sequenciais do motor 3,0 litros diesel utiliza principalmente o turbo-compressor primário, de maiores dimensões. O turbo-compressor secundário permanece inactivo enquanto não for necessária potência adicional, reduzindo as perdas de bombagem e, consequentemente, o consumo de combustível. A elevada eficiência do sistema de injecção common rail de terceira geração, com injectores piezo e bomba de combustível sem retorno, contribui substancialmente para a redução dos consumos.

    O novo motor foi também optimizado para maximização dos consumos e do binário a baixa rotação, tornando possível a activação da embraiagem de bloqueio da caixa de velocidades automática ZF HP-28 a uma velocidade mais reduzida. O que resulta na

    redução do ‘escorregamento’ no conversor de binário hidráulico, proporcionando a redução dos consumos e das emissões de CO2. O binário mais elevado a baixos regimes permite também a utilização de relações de transmissão mais longas, para uma condução mais económica.

    O Discovery incorpora também muitos outros equipamentos de poupança de energia. Quando o veículo se encontra parado o ralenti do V6 foi reduzido de 750 rpm para 710 rpm, proporcionando uma redução do consumo sem comprometer o requinte. O Sistema Inteligente de Gestão da Potência inclui Carregamento Regenerativo Inteligente, assim, o alternador carrega a bateria quando for mais económico, tal como quando o veículo viaja a velocidade de cruzeiro e não sob aceleração. As alterações aerodinâmicas na secção dianteira, que incorporam a revisão do spoiler inferior e os novos deflectores das rodas dianteiras, contribuem para a redução do coeficiente aerodinâmico devido ao aumento do fluxo de ar sob a carroçaria. O novo compressor do sistema de ar condicionado é accionado através de uma embraiagem que é desactivada quando o ar condicionado não se encontra em utilização, reduzindo as perdas parasitas e proporcionando melhorias no consumo de combustível e emissões de CO. 2

TECNOLOGIAS e-TERRAIN resumo:

    Tecnologia do Motor LR-TDV6

    Optimização da calibração do motor

    Redução da velocidade de ralenti

    Redução do escorregamento do conversor de binário

    Maior binário, permite a utilização de relações mais longas

    Sistema Inteligente de Gestão da Potência (IPSM), incluindo geração regenerativa inteligente

    Compressor do ar condicionado com embraiagem para redução das perdas parasitas Melhorias aerodinâmicas

    O novo motor LR-TDV6 3.0 maximiza as prestações e reduz as emissões

    “Com o nível binário excepcionalmente elevado disponibilizado a baixa rotação, o novo LR-TDV6 3.0 diesel adapta-se perfeitamente às capacidades fora de estrada do Discovery 4. E, em estrada, o motor proporciona níveis de requinte extremamente elevados e uma redução dos consumos e emissões de CO2”, Murray Dietsch, Director, Programas Land Rover

LR-TDV6 3.0 resumo

    ; 245 cv e 600 Nm de binário

    ; 29 por cento mais potência, 36 por cento mais binário que o actual 2,7 litros

    diesel

    ; 500Nm de binário a partir do ralenti em 500ms

    ; Cumpre a norma UE5 (que entrará em vigor em 2011) sem qualquer

    tratamento adicional de gases de escape, tal como catalisadores NOx ; Redução de nove por cento do consumo de combustível, para 9,4 l/100km no

    Ciclo Combinado UE, em comparação com o motor TDV6 de 2,7 litros. ; Sistema exclusivo de turbo-compressores paralelos sequenciais ; Minimização da fricção do motor e bomba de combustível de consumo

    reduzido

    ; Sistema de injecção common rail da terceira geração.

    ; Nível baixo de ruído irradiado do motor

    ; Intervalos de manutenção de 25.000 quilómetros

    Na base das alterações incorporadas no Discovery 4 encontra-se um excepcional novo motor diesel de elevada eficiência. O motor LR-TDV6 3.0 turbo-diesel sequencial é baseado no motor actual LR-TDV6 de 2,7 litros, mas foi radicalmente redesenhado para proporcionar performances substancialmente superiores, emissões e consumos mais reduzidos.

    O motor de 2,7 litros conquistou muitos admiradores como um dos motores diesel mais requintados de sempre. O novo motor bi-turbo LR-TDV6 3.0 desenvolve uma potência e binário substancialmente superiores a potência aumentou 29 por cento para 245 cv

    e o binário 36 por cento para 600 Nm. A capacidade de disponibilizar o binário máximo apenas às 2.000rpm, combinada com uma capacidade de resposta inigualável às solicitações no pedal do acelerador, maximiza as reconhecidas capacidades em estrada e fora de estrada do Discovery.

    O novo motor de 3,0 litros diesel supera de forma significativa os seus concorrentes disponibilizando 500 Nm em apenas 500 milissegundos desde o ralenti. Da perspectiva do condutor, isto significa o acesso instantâneo a 83 por cento do binário máximo. Mas, apesar das prestações adicionais, as emissões de gases do motor foram substancialmente reduzidas. O novo LR-TDV6 3.0 cumpre a norma de emissões UE5 (que apenas irá entrar em vigor em 2011) e, com emissões de CO de apenas 246g/km, 2

    representa uma redução de nove por cento em relação ao actual 2,7 litros automático. O consumo de combustível foi também reduzido em 9%, para 9,4 l/100km no Ciclo Combinado UE.

    O novo motor de 3,0 litros foi desenvolvido por uma equipa conjunta da Jaguar Land Rover, com características base concebidas para ir ao encontro dos requisitos de ambas as marcas. Os níveis elevados de binário e a elevada capacidade de resposta desde regimes baixos adequam-se na perfeição ao ADN da Jaguar e da Land Rover. A versão Jaguar, o AJ-V6D Gen III S, foi recentemente lançado no novo XF.

    O motor LR-TDV6 dispõe de um cárter mais fundo que a versão Jaguar, para assegurar que a eficiência do sistema de lubrificação não é comprometida na condução fora de estrada. O sistema de lubrificação dos turbo-compressores foi maximizado pela

    mesma razão, assegurando a drenagem de óleo dos turbo-compressores em ângulos extremos na condução fora de estrada.

    Na versão Land Rover os sistemas de accionamento por correia são à prova de água, bem como o alternador, o compressor do sistema de ar condicionado, a bomba da direcção assistida e o motor de arranque. O motor foi também especificamente afinado para as condições de utilização mais exigentes do Discovery 4, em especial para reboque e condução fora de estrada.

Bi-turbo extremamente eficiente, elevada capacidade de resposta

    Uma das principais características do novo LR-TDV6 3.0 é o sistema exclusivo de turbo-compressores paralelos sequenciais, o primeiro de sempre deste tipo instalado num motor em V. Disponibiliza níveis elevados de binário em todos os regimes de funcionamento, maior capacidade de resposta às solicitações no pedal do acelerador e redução das emissões de CO, os turbo-compressores funcionam sequencialmente 2

    para proporcionar uma capacidade de resposta inigualável e o binário mais elevado do segmento a baixos regimes, disponibilizando, também, níveis elevados de potência a regimes elevados.

Turbo-compressores paralelos sequenciais resumo das vantagens:

    ; Na maioria das situações apenas se encontra em funcionamento um turbo-

    compressor (até à velocidade de circulação em auto-estrada e sob aceleração

    normal). Dado que é um turbo de dimensões médias, em vez de um de grandes

    dimensões de geometria variável, a capacidade de resposta é excelente sem

    qualquer atraso perceptível na resposta.

    ; O acondicionamento e posicionamento são excelentes, um turbo e colector por

    baixo de cada banco de cilindros.

    ; A combinação dos dois turbo-compressores torna possível a optimização

    contínua da eficiência e das prestações.

    ; Dado que um turbo-compressor se encontra em funcionamento na maioria das

    situações, as perdas de bombagem são reduzidas.

    ; Mais eficiente que os sistemas com turbo-compressores em série, que dispõem

    de um turbo-compressor primário de menores dimensões, que provoca o

    aumento das perdas de bombagem e do consumo de combustível devido ao

    aumento da contra pressão de escape.

Terceira geração de sistemas common rail

    O novo sistema de injecção de combustível common proporciona até cinco injecções em cada ciclo a uma pressão de 2.000 bar. Cada bico de injector incorpora cinco furos, através dos quais o combustível atomizado é pulverizado para dentro dos cilindros. A injecção de alta pressão proporciona o aumento da potência, a redução dos consumos, das emissões de CO e de partículas. Os novos injectores piezo de elevada 2

    velocidade foram concebidos para proporcionar níveis mínimos de ruído. Os cristais piezo accionam os injectores, expandir-se quando sujeitos a uma corrente eléctrica. Reagem quase instantaneamente, mas geram um ruído característico, tipo 'click', quando accionados, que pode contribuir para o aumento do ruído de funcionamento do motor diesel ao ralenti. Os cristais incorporados nos novos injectores Land Rover foram posicionados mais próximo do bico do injector, o que significa que são instalados mais próximos do centro do motor, proporcionando melhor isolamento sonoro e um funcionamento mais silencioso.

    Novo também, na terceira geração do sistema de injecção de combustível, é o modo de fornecimento de combustível. As bombas tradicionais common rail diesel fornecem combustível em excesso aos injectores, que é encaminhado de volta ao depósito. Durante este processo, a temperatura do combustível aumenta e a sua refrigeração consome quantidades consideráveis de energia. Neste modo de funcionamento, a bomba disponibiliza apenas o combustível necessário aos injectores. Consequentemente, não existe aumento da temperatura do combustível nem energia desperdiçada.

Robusto e leve

    As duas cabeças de cilindros, com quatro válvulas por cilindro são produzidas em alumínio e o bloco é produzido em ferro de grafite compactada (CGI) como anteriormente. A maior robustez e resistência à tracção do CGI torna possível a fundição de um bloco de menores dimensões, cerca de 80mm mais curto que um bloco equivalente em ferro fundido ‘cinzento’ convencional.

    O novo sistema de recirculação de gases de escape (EGR) com refrigeração a água, importante para a redução das perdas por bombagem e das emissões NO num motor X

    diesel, é mais eficiente e consome menos potência que o seu antecessor, com as válvulas que permitem a entrada dos gases de escape para o sistema posicionadas no ‘lado quente’ do motor, mais próximo dos colectores de escape. Estas válvulas nunca chegam a arrefecer quando o motor se encontra em funcionamento, desta forma não se verifica a condensação dos depósitos de combustão que ocorre em motores equipados com válvulas instaladas no ‘lado frio’, permitindo ao sistema EGR funcionar sempre com a máxima eficiência. Devido à elevada eficiência da refrigeração proporcionada pelo sistema EGR, os gases de escape podem contornar o sistema e retornar ao sistema de escape, permitindo um aquecimento mais rápido do motor a partir do arranque, proporcionando uma redução adicional das emissões. As normas de emissões UE 5 foram cumpridas utilizando catalisadores de oxidação diesel e filtros de partículas (DPFs) convencionais. Os níveis de NO foram X

    suficientemente reduzidos na origem através do design do sistema de combustão, que utiliza o novo sistema de injecção common rail e o novo sistema EGR com válvula 'by-pass'. Como resultado, não é necessário tratamento posterior especializado de NOno X

    escape, evitando um custo potencial e a necessidade de utilização de metais preciosos adicionais no sistema de escape.

Aumento do requinte

    O bloco do motor em CGI e o novo design de injectores piezo permitem a redução do ruído de combustão no novo motor. As injecções de combustível múltiplas de elevada precisão, realizadas no tempo de combustão, proporcionam também a redução do

    ruído de combustão e todas as coberturas do motor, incluindo as das árvores de cames, tampas dianteiras e do cárter foram optimizadas para atenuação do ruído irradiado. O novo motor diesel foi analisado utilizando as mais recentes técnicas de engenharia assistida por computador, seguidas de testes exaustivos em banco de ensaios. Todas as superfícies do motor incorporam nervuras para minimizar o ruído irradiado e o cárter é produzido em aço de atenuação sonora (SDS), que incorpora uma camada de polímero entre duas de aço.

    A fricção interna, uma das principais causas de consumo desnecessário de combustível, foi minimizada através da optimização cuidada da cambota, válvulas e pistões. Todas estas características conjugam-se para tornar o novo LR-TDV6 3.0 Turbo Diesel Sequencial num dos motores premium diesel mais silenciosos do mercado, com intervalos de manutenção mais longo, de 25.000 quilómetros.

Nova caixa de velocidades com maior capacidade de resposta

    O LR-TDV6 3.0 encontra-se acoplado à caixa automática revista e extremamente suave ZF HP28 de 6 velocidades. As suas características foram optimizadas pelos engenheiros da Land Rover para proporcionar uma capacidade de resposta líder no segmento, com passagens de caixa rápidas e requintadas. A maximização da potência e binário a baixa rotação no novo motor torna possível a activação das embraiagens de bloqueio da caixa de velocidades mais cedo em cada mudança, reduzindo o escorregamento do conversor de binário e contribuindo para a redução dos consumos e emissões de CO. 2

Report this document

For any questions or suggestions please email
cust-service@docsford.com